Jardim de ervas aromáticas em madeira

Jardim de ervas aromáticas em madeira

Muitas são as tendências ecológicas nos dias de hoje, mas aquela que mais aprecio é a dos jardins verticais nas varandas dos prédios das cidades. Como diz o ditado “já que Maomé não vai à montanha, vem a montanha a Maomé.” Adoro ver a cor verde nos prédios pálidos, e na primavera as varandas em flor.

Eu dou graças todos os dias porque moro na aldeia e tenho um jardim em volta de casa, terreno para poder cultivar os legumes cá para casa, além do cheiro do limoeiro à porta de casa, mas nem todos tem essa sorte, por isso transformam os pequenos cantos que têm disponíveis em lindos jardins que dão cor, e alegria aos seus lares e à cidade das mais variadas formas e este jardim de ervas aromáticas é um bom exemplo disso.

Para quem tem um canto que não utiliza e que só de olhar arrepia da tão cinzento, este jardim de ervas aromática é uma ideia muito gira para lhe dar cor e acima de tudo muito útil na hora de cozinhar. As ervas aromáticas frescas são sensacionais nos cozinhados, e serão sem duvida grandes aliadas no momento de inspiração na cozinha. Outra boa sugestão é a estante de madeira reciclada.

Começar a fazer  o jardim de ervas aromáticas

Neste caso o jardim de ervas aromáticas é feito essencialmente de madeira. O aproveitamento de madeira que fica em casa depois de uma obra tem aqui uma nova utilidade. Este é feito basicamente com barrotes mas também pode usar madeira das paletes.

Em primeiro lugar é necessário ter noção do espaço que temos disponível e depois começar por cortar a madeira  à medida.  Começamos por fazer uma base de apoio fazendo um rectângulo de preferência com barrotes largos, se não os tiver disponíveis opte por pregar várias madeiras umas `às outra de forma a conferir o mesmo efeito e permita ter uma certa altura para colocar a terra mais ou menos 10 cm.

Este rectângulo inicial é a base do jardim de ervas aromáticas, a construção do jardim vai ser sobre esta base.  E à medida que vai acrescentando patamares estes tem de ser a base do seguinte, para que o jardim de ervas aromáticas fique firme e não desmorone.

Fazer os patamares do jardim de ervas aromáticas em madeira

Depois da base do jardim coloca-se uma lona que vai fazer com que a água da rega não escorra pela varanda ou alpendre, essa lona deverá ficar presa nos barrotes com uma altura de 7 cm nas laterais  e só depois se deve colocar a terra em todo o rectângulo e de seguida prega-se a madeira para fazer o segundo patamar, deve deixar pelo menos 40 cm de distância para nesse espaço depois plantar a primeira carreira de ervas aromáticas e neste caso sugiro que plante as que usa com mais frequência para estarem mais à mão.

Ao fazer os patamares seguintes pode optar por ser todo o patamar ao mesmo nível ou no mesmo patamar ter 2 níveis diferentes como na foto, a única exigência é pregar sempre à base lateral para haver um seguimento em toda a estrutura e o jardim ficar estável.

Também pode optar por colocar barrotes ao alto para ficar com o efeito da foto. Sempre que muda de patamar coloca a terra e para o patamar seguinte deve deixar a distância para colocar as ervas aromáticas, 30 a 40 cm. O número de patamares dependo do seu espaço e do seu objectivo.

Este jardim de ervas aromáticas em madeira é uma excelente ideia para transformar um cato inútil, dando-lhe cor e sem duvida um aroma muito mais interessante do que o espaço vazio. Se tiver muito espaço pode optar por colocar flores, também é uma óptima sugestão. Aproveite a ideia e coloque  mãos a obra. Bom trabalho

Publicado por: Como Reciclar | Em: 20 de Fevereiro de 2013
Publicado em Madeira com as etiquetas , , , , , , . Salve o url nos favoritos.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *